A NDC está de volta aos holofotes, mas ainda não está pronta para estrelar o show

Klaus Goddard, da BCD Travel, oferece conselhos para empresas que buscam navegar no complexo cenário do NDC.   O acesso total ao conteúdo está voltando aos holofotes conforme a pandemia começa a diminuir em algumas regiões e as empresas voltam a viajar. A BCD tem mais experiência do que qualquer outra TMC global em trazer conteúdo de Nova Capacidade de Distribuição (NDC) das maiores companhias aéreas do mundo para nossos clientes. Klaus Goddard, vice-presidente de distribuição global, oferece conselhos de para empresas que procuram navegar no complexo cenário da NDC.   Como a pandemia afetou as iniciativas da NDC em …

Klaus Goddard, da BCD Travel, oferece conselhos para empresas que buscam navegar no complexo cenário do NDC.

 

O acesso total ao conteúdo está voltando aos holofotes conforme a pandemia começa a diminuir em algumas

Klaus Goddard, Vice President for Global Distribution, BCD Travel

regiões e as empresas voltam a viajar. A BCD tem mais experiência do que qualquer outra TMC global em trazer conteúdo de Nova Capacidade de Distribuição (NDC) das maiores companhias aéreas do mundo para nossos clientes. Klaus Goddard, vice-presidente de distribuição global, oferece conselhos de para empresas que procuram navegar no complexo cenário da NDC.

 

Como a pandemia afetou as iniciativas da NDC em toda a indústria?

Vimos a atividade diminuir em algumas companhias aéreas, pois seus colaboradores entraram em licença por um certo período. Em outros casos, as companhias aéreas buscaram redirecionar os esforços para seu canal principal de GDS durante a pandemia, pois reconheceram a necessidade crescente de novas reservas, cancelamentos e o tipo de capacidade de serviço completo que os GDSs oferecem. Por último, conforme os volumes de viagens caíram, alguns consideraram este o momento certo para experimentar novas abordagens de distribuição, como o preço dinâmico de tarifas.

Como a pandemia influenciou a abordagem da BCD à NDC?

O investimento na NDC continua sendo uma prioridade fundamental para a BCD desde que lançamos nossas primeiras soluções em 2019. Continuamos a desenvolver e fornecer tecnologias, ferramentas e serviços próprios da BCD, que podem oferecer conteúdo de várias maneiras e apoiar iniciativas futuras da NDC.

Também reconhecemos desde o início a real importância, para gestão de programas, de garantir que os viajantes obtenham o mesmo serviço tanto para transações NDC como para transações “tradicionais”. Portanto, aprimoramos nossas plataformas para ajudar a habilitar isso. O investimento nessa área continua sendo uma prioridade principal, já que as soluções de terceiros hoje não têm muito da robustez necessária para garantir a entrega contínua desses elementos-chave. Dito isso, acreditamos firmemente que as grandes empresas de tecnologia de distribuição são as que têm a chave para resolver esse enigma na escala que a indústria realmente exige.

Também enfatizamos novamente com a IATA, as companhias aéreas e todos os principais interessados ​​em tecnologia que precisamos de modelos de serviço robustos, com suporte em toda a indústria, para tornar o NDC viável para a gestão de programas.

 

Vemos muitas notícias sobre a NDC estar pronta e disponível para o mercado. Esse não é o verdade cenário?

É apenas parte do cenário completo. Precisamos avaliar as soluções da NDC em relação a três critérios principais:

  • A capacidade de comparação de compras com todas as companhias aéreas relevantes
  • O alinhamento dos processos de reserva e serviço completo em todos os canais e ferramentas de reserva
  • A capacidade de entregar soluções de duty of care e relatórios para que nossos clientes possam realizar as reservas

Se todos esses critérios não forem atendidos, a NDC estará apenas adicionando complexidade – e custo. Hoje existem lacunas de dados importantes no ambiente NDC, que continuarão a ser desafiadoras até que esse ambiente alcance a maturidade de que nossos clientes realmente precisam.

Muitas das notícias da NDC que chegam às manchetes se concentram exclusivamente em compras e reservas de companhias aéreas. Com certeza, alguns deles estão disponíveis. E entendemos que, para as companhias aéreas, oferecer todo o escopo de seu conteúdo de forma atrativa é a chave para diferenciar seus produtos e serviços no mercado.

Mas nós (e nossos clientes) precisamos que a indústria continue a se concentrar em trazer o conteúdo da NDC – e os novos serviços que ela promete – em um ambiente que permita comprar e reservar serviços eficientes e econômicos em todos os fornecedores de conteúdo, canais de reserva e ferramentas. É onde ainda há muito trabalho a ser feito. Muitos oferecem soluções em ambientes autônomos, como portais de companhias aéreas, mas não estão integrados ao ecossistema geral em  que todas as TMCs e seus clientes corporativos precisam.

 

Qual é o valor agregado da NDC que você acha que está sendo oferecido hoje pelas companhias aéreas?

Até agora, tem sido relativamente limitado e focado em preços. Em muitos casos, as companhias aéreas estão simplesmente fornecendo a mesma tarifa em um canal NDC – apenas sem as sobretaxas que elas mesmas impuseram no GDS. Algumas companhias aéreas estão experimentando pacotes de tarifas e acessórios, outras com novos pontos de preços intermediários para ajudar a aumentar seu rendimento. E muitos estão buscando tarifas com foco em viagens de lazer e alguns benefícios de passageiro frequente.

Na realidade, grande parte da atividade até agora tem se concentrado em estabelecer a conectividade técnica necessária – por exemplo, abrir um canal de reserva usando uma tecnologia habilitada para NDC.

Ainda não vimos muita personalização para o cliente corporativo e seus viajantes que foi citada pelas companhias aéreas como um dos principais impulsionadores e vantagens da NDC. Para muitos viajantes corporativos hoje, esses benefícios já estão disponíveis com as tarifas que compram e o status de passageiro frequente que já possuem.

O que os clientes devem fazer para se preparar para a NDC?

Primeiro, entenda os custos e benefícios reais da implementação de novos recursos baseados em NDC. Entenda o que está realmente disponível hoje, porque o suporte total da NDC exige novas ferramentas e processos – e isso tem um custo. Nunca é “plug-and-play”. Você precisa de um gerenciamento de mudança cuidadoso ao apresentar o conteúdo da NDC aos viajantes e organizadores de viagens, para garantir que os custos totais sejam compreendidos quando um viajante compra uma passagem.

Em segundo lugar, saiba que provavelmente haverá mudanças nos fluxos de trabalho de compras e reservas em sua ferramenta de reservas online.

Terceiro, considere os aspectos de relatórios e serviços. Ainda estamos vendo casos de uso, especialmente em torno de serviços (mudanças, trocas, reservas de várias companhias aéreas, etc.) que simplesmente ainda não podem ser tratados pelas soluções NDC existentes. Nós mesmos tratamos de alguns deles, mas o investimento contínuo necessário para atender a todas as companhias aéreas exigirá uma mudança significativa no pensamento e na colaboração das mesmas.

E por último, pense sobre o alinhamento em seu programa em geral. Mesmo para uma única companhia aérea, algumas transações fluirão por meio de uma conexão habilitada para NDC e outro conteúdo continuará a fluir no canal existente. Portanto, como as reservas da NDC, incluindo todos os elementos de um itinerário tradicional (como hotel e carro), se alinharão ao seu programa e às reservas existentes?

 

Quais são as próximas etapas da BCD em relação a NDC?

Durante o terceiro e quarto trimestre deste ano, esperamos lançar soluções para mais sete companhias aéreas, incluindo as primeiras que distribuirão conteúdo por meio das plataformas NDC dos GDSs. A lista completa inclui British Airways, Iberia, Singapore Airlines, Qantas, Air France-KLM, American Airlines e United Airlines.

Stay in the know,
even on the go

Never want to miss a thing? We'll get you the latest news, trends, insights and BCD news right in your inbox.